18 de outubro de 2006

Tarifas de electricidade aumentam 15,7% em 2007

Ficou hoje a saber-se que, para o ano que vem o preço das tarifas de electricidade vai aumentar em cerca de 16%. Tudo isto porque passámos vários anos a ter tarifas que não podiam subir mais que a inflação, o que levava a que aumentasse sempre no mesmo valor que a inflação.

Agora surge este aumento enorme, várias vezes superior à inflação, com o objectivo de reduzir em 3 anos o défice da factura da electricidade.

Os automobilistas já viram que os custos com a energia aumentaram. Os utilizadores de transportes públicos também vão vendo subidas. Agora, os consumidores de electricidade também vão ver que a energia está a subir a um bom nível, e que é necessário poupar.


Ainda na factura da electricidade
A factura de electricidade também vai ter outro aumento, neste caso de 4 cêntimos que correspondem a um aumento da taxa de contribuição para o audiovisual, a qual financia a RTP e a RDP.

Esperemos que isto ajude a um maior aumento da qualidade da programação das televisões e rádios públicas.

2 comentários:

M. G. disse...

O que é de facto intrigante é saber que a maioria dos portugueses não entendem o porquê destes aumentos!

Quanto à subida dos preços, o que há a dizer é que cada vez mais se sente a necessidade de encontrar energia em outras fontes. Tem de haver mais oferta para haver mais procura. Os transportes deviam ser todos movidos a Hidrogénio, o combustivel limpo. Temos de apostar num futuro que é cada vez mais próximo.

A taxa de contribuição para o audiovisual, a qual financia a RTP e a RDP é só mais um contribuição estúpida que os portugueses têm de pagar! Mas sim, espero que a qualidade da rádio e da televisão pública melhore.


PS- Desculpa vaguear muito nos assuntos. E desculpa a minha invasão repentina no teu blog. Citica os meus comentários sempre que quiseres!

Nuno Pereira disse...

M. G.,
Neste momento as energias alternativas têm um grande custo, o que iria aumentar os custos de produção da electricidade ainda mais. A EDP tem o tarifário EDP 5D que usa energias alternativas, só que vai ser mais caro.
E não confundir energias alternativas para a produção de electricidade, com energias alternativas para movimentar os automóveis.

Quanto à taxa de contribuição audiovisual, ela não financia a televisão, apenas a rádio. Ver a correcção que fiz.

Obrigado pelos comentários e não há problema com as divagações.